Moçambicanos Criticaram Matilde Conjo, Mas Aplaudiram Francis Boy

É engraçado como o publico moçambicano reage a determinados comportamentos de artistas, principalmente dos que trabalham com a musica.

O Réveillon serviu para, pelo menos até certo ponto, medir o grau de sanidade do moçambicano. Em questão, está a reacção do Publico quanto ao comportamento similar do músicos Francis Boy (de Angola) e Matilde Conjo (de Moçambique), mas que curiosamente mereceu um tratamento extremamente diferente, o que faz-nos achar isso bem estranho.

Recente a cantora Moçambicana Matilde conjo, foi quase crucificada por causa das suas técnicas de actuação, isso por que ela escolheu usar as mesas como elementos fundamentais em alguns dos seus Shows. Resumindo, Ela exibe as suas danças sobre as mesas.
 O curioso é que num show, denominado “A LENDA" que decorreu na cidade de Quelimane durante a passagem do Ano (2016-2017) teve actuação do Angolano Francis Boy e Ele fez coisas mais graves do que subir em uma mesa e dançar para o público. Ele do nada, simplesmente teve vontade de Despir-se (Tirar a Roupa exterior) e cantar apenas de Cuecas. Com isso, os presentes no Show vibraram com gritos e muitas palmas.
























Fonte das fotos: Edelson Assado

A Pergunta que colocamos é a seguinte: Por que criticar a Matilde por dançar numa mesa invés de criticar alguém que aparece sem roupas na nossa casa?

Se ser musico é isto, então a Matilde Conjo está num bom caminho!

Expresse seu comentário sobre isso.


Made by: Isá Gildo
Share on Google Plus

About Musika Nova

Se me conheces com base no meu passado, permita-me que eu me apresente novamente!